quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

Encontro de Casais Rio de janeiro- RJ

Paz,
Imperdível
Rua Visconde de Inhaúma, 95 - Centro, Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Maiores informações (21) 2121-1212 - 21-3173-8128 - 021-97983-4170
Faça sua faça sua inscrição pelo site:http://www.ministerioamovc.com.br/
Dia, 07 de Maio 2016, inicio as 8:30 hs. / término 18:30 hs R$ 150,00 Casal.
Palestrantes: Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros.
Conferencista na área de família.
Cofre black, Almoço e lanche.
Palestra, Dinâmica, sorteio etc

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

ESTUDO : NAMORO, NOIVADO, CASAMENTO.

DICAS PARA VER SE O NAMORO É DA VONTADE DE DEUS


Cinco dicas para saber se o namoro é da vontade de Deus
Muitas pessoas carregam no coração uma grande dúvida com relação à vida sentimental. Ou seja, como saber se esta ou aquela pessoa é a que Deus separou para mim? Como saber se este namoro é de Deus? Venho fornecer algumas dicas a este respeito. São dicas baseadas em experiências e orientações contidas na Palavra de Deus.


1ª dica – Os Frutos - Como disse Jesus, uma boa árvore se conhece pelos frutos “Portanto, pelos seus frutos o conhecereis” (Mateus 7:20). Assim, veja se o rapaz ou a moça é um servo de Deus, analise o seu comportamento, a sua vida com o Senhor. Cuidado, pois existem muitos lobos vestidos de ovelhas. Certa vez eu namorei um rapaz e chegamos a ficar noivos. No começo ele me acompanhava no trabalho da igreja. Depois que ficamos noivos, disse que precisávamos dar um tempo da igreja e começou a querer me impedir de exercer meu ministério. Ou seja, começou a apresentar maus frutos. Eu então decidi terminar o namoro embora gostasse muito dele. Melhor fazer a vontade de Deus do que fazer a vontade dos homens, não é mesmo? Assim, ao namorar alguém precisamos verificar com atenção os seus frutos. É preciso tomar cuidado quanto a isto, pois muitas vezes, por estarmos envolvidos sentimentalmente, não prestamos a atenção neste aspecto. Criamos uma certa ilusão e nos esquecemos de analisar os frutos da pessoa. Por este motivo, analise friamente os frutos da pessoa que está se envolvendo. Veja a sua vida na igreja e especialmente em casa, se é um bom filho ou boa filha, analise também o seu comportamento profissional, etc. É muito fácil ser cristão na igreja, os verdadeiros frutos são revelados no dia a dia, nos bastidores.


2ª Dica – A paz - A Palavra de Deus diz que a “paz” deve ser o árbitro em nossos corações “Seja paz de Cristo o árbitro em vosso coração” (Col. 3:15). O árbitro é aquele que resolve uma questão, que direciona. Ou seja, a paz deve ser o indicativo se o relacionamento é ou não da vontade de Deus. Assim, se o namoro é algo que rouba paz, que leva a pessoa a ficar distante de Deus, que traz inquietação, perturbação, cuidado pois há algo de errado. Lutas e obstáculos sempre existirão, enfim, lutas externas e até desentendimentos esporádicos causados por diferenças de opiniões. Todavia, se o relacionamento rouba a sua paz interior, especialmente a sua comunhão com Deus é um grande indício que de o Senhor não está nesse relacionamento.


3ª dica – É paixão ou amor? - Um outro aspecto relevante é questão da diferença entre amor e paixão. Às vezes nos envolvemos numa paixão e nos machucamos achando que é amor. Paixão é algo avassalador, que nos leva a perder a razão, a lógica e até o temor de Deus. O amor, ao contrário, já é um sentimento maduro, consciente, nasce aos poucos, se desenvolve com o tempo e vai se fortalecendo diante das dificuldades. A paixão á algo passageiro, não resiste à distância, esfria, não espera. O amor, ao contrário, permanece “o amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta” (I Cor. 13:07). O amor sabe esperar o momento certo para o sexo (o casamento). A paixão não, pois é pura emoção. Para exemplificar esta questão, cito, como exemplo, o sentimento de Amnon por Tamar (II Samuel 13) e o sentimento de Jacó por Raquel (Gênesis 29). Amnon se apaixonou por Tamar, sua irmã. Após ter tido relações sexuais com ela, a deixou friamente. Quantos jovens abandonam moças grávidas após satisfazer os seus desejos sexuais?! Jacó, por sua vez, amou a Raquel e o seu amor o fez esperar 7 anos até finalmente tê-la em seus braços. Além disso, trabalhou mais 7 anos para poder estar ao lado de sua amada definitivamente.


4ª dica – Enriquecimento – A Palavra de Deus afirma que a benção do Senhor enriquece e não acrescenta dores (Prov. 10:22). O namoro que é da vontade de Deus traz um enriquecimento mútuo. Ou seja, traz um enriquecimento na área espiritual, profissional, familiar, etc. Deus que ama e cuida de nós certamente colocará alguém em nosso caminho que nos abençoe, que tenha algo de bom a acrescentar em nossa vida, que nos ajude a dar continuidade aos nossos sonhos. Lamento muito quando vejo jovens se envolvendo sentimentalmente com pessoas que nada têm a acrescentar em suas vidas. Ao contrário, são pessoas que surgem para roubar a paz, o futuro e para trazer dor e destruição. O namoro, em caso como estes, se torna um verdadeiro sofrimento.


5ª dica – Convicção – Jesus certa vez disse que a palavra do cristão tem de ser sim, sim ou não, não e que tudo o que passar disso é de procedência do maligno (Mateus 5:37). Neste caso, o namoro aprovado por Deus é algo certo, definido e não indeciso. Quando o relacionamento é envolto por inseguranças e incertezas, algo está errado e precisa ser revisto, pois a dúvida não procede de Deus. Por isso, ao relacionar-se sentimentalmente com alguém é preciso pedir ao Senhor a confirmação sobre o namoro. Se não houver certeza, ore bastante e busque a direção de Deus e se preciso for, abra mão do relacionamento antes que alguém se machuque. Jamais se relacione com alguém sem que haja essa confirmação, essa convicção sobre os seus sentimentos. Entenda que um casamento é para toda vida. Afinal de contas, você está namorando pensando no futuro, fazendo planos para formar uma família. Se a sua visão é apenas ficar, passar o tempo, reavalie profundamente os seus conceitos, pois este não é o plano de Deus para o namoro.
Aos solteiros, aconselho a que não se atemorizem com o tempo, pois vale a pena esperar em Deus. E como descrito em Eclesiastes 3, existe um tempo determinado para todo propósito debaixo do céu. Assim, o melhor a fazer é buscar a Deus, crescer espiritualmente e profissionalmente. Enfim, adquirir maturidade em todos os aspectos para que quando chegar o tempo de construir uma família, você possa ter uma estabilidade espiritual, emocional e material.

Autora: Pastora Ioná Loureiro. Formada em Letras, autora de diversas reflexões bíblicas em sites evangélicos. Fonte Sexo

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

JUNTE-SE A NÓS E JUNTOS CRESCEREMOS NO OBJETIVO DE ABENÇOAR VIDAS!

APOIADORES AMOVC
JUNTE-SE A NÓS E JUNTOS CRESCEREMOS NO OBJETIVO DE ABENÇOAR VIDAS!
FAÇA PARTE DESSA PARCERIA, VEJA COMO:
Aplique nosso banner em sua página! Escolha o banner a sua preferencia (copie código abaixo) preencha formularia de cadastro, em breve estaremos ativando a parceria informando aplicação do banner em nossa página de APOIADORES Amo VC. Apoie esse Ministério e apoiaremos o seu!!!
Portal Ministério Amo Vc - Portal de sua família

Facebook Ministerio Amovc chega a UM MILHÃO de curtidas

Acesse https://www.facebook.com/ministeriode.casais/
Estamos MUUUUUUITO felizes! A páginaMinisterio Amovc no Facebook atingiu UM MILHÃO de curtidas
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros

quinta-feira, 12 de novembro de 2015

Conferencista. É pastor Pr Zaqueu Medeiros

Zaqueu Medeiros. Teólogo e
, professor e escritor. membro da Igreja Assembleias de Deus - RJ . Atua como consultor familiar e palestrante em diversas áreas do relacionamento humano, visando sua estruturação e aperfeiçoamento.

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

Conferência para Casais 2016

Conferência para Casais 2016

O EVENTO:
Esta é a Quarta Conferência de casais, onde esperamos você para receber uma palavra revelada sobre seu relacionamento..

AS MINISTRAÇÕES:
O Pr. Zaqueu Medeiros é pastor presidente do Ministério de Casais Amovc, Sede Rio de Janeiro-RJ
Os horários serão:
Sexta -Feira ás 19:30
Sábado ás 14:00
Domingo ás 8:00

AS INSCRIÇÕES:
Segunda a Sexta feira em horário comercial ou durante os Cultos.
Casal: R$55,00
Temas: Família Moderna.

Maiores informações: Acesse http://www.ministeriodecasaisamovc.com/
Tel: 21-7863-5128 – 21-3173-8128
E-mail contato@ministeriodecasaisamovc.com, zaqueumarlene@gmail.com

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Acampamento de casais 2016

Se o seu casamento precisa de apoio, incentivo e ser aconselhado na Palavra de Deus inscreva-se no acampamento para casais do ministério Amovc. As atividades e ministrações que serão aplicadas aos casais estão baseadas no tema “Familia Moderna ”. O acampamento acontecerá nos dias 22 e 23 de Julho, começando às 7:30 do sábado e terminando às 16 horas do domingo.
O evento será no Sitio Sonhos da família ). O valor da inscrição é R$ 300,00 e não inclui o transporte. Esse valor pode ser parcelado em 12 vezes no cartão de crédito por meio do site São apenas 35 vagas.
Informações e inscrições: (21) 3173-8128 / 021-9783-4170, e-mail: zaqueumarlene@gmail (Pra. Marlene Medeiros).
Acesse:http://ministeriodecasaisamovc.com/
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros.

segunda-feira, 12 de outubro de 2015

SEMINÁRIO DE FAMÍLIA

Visão

Não existe família perfeita, mais sim uma família que vive em harmonia respeitando os direitos e deveres de cada um”. Quando cada membro da família entende o seu papel, então Deus encontra espaço para atuar de tal forma, que flui o amor, a harmonia, o respeito, a compreensão, o carinho, os momentos de alegrias, então vem a prosperidade, flui a paz, todos crescem espiritualmente, emocionalmente, em maturidade e a realização dos sonhos acontecem naturalmente porque durante os dias estão sendo semeados e cultivados na família. O Espírito Santo é a coluna principal que sustenta esse lar.

(Deus é o Criador, Sustentador e Restaurador da família)

sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Conferencia de Casais

Igreja Metodista Missionaria, Encontro de Casais
Dias, 17 e 18 de Outubro 2015 as 16:00hs
Local: Nobre Palace Hotel
Rua Francisco Sá, 392, Teófilo Otoni - MG, 39800-127
Telefones, (33) 3521-5824, (33) 3522-2984- 033-8812-5388 –
Pr. Jose Marcio, Irma Lucia OliveiraII
Acesse:http://ministeriodecasaisamovc.com/

Começa o mês de outubro e a campanha contra o câncer de mama,

C
já consultou seu médico? já verificou sua mama hoje, fez exames de rotina?

sábado, 12 de setembro de 2015

Casamento é:


Casamento é quando dois ❤ se tornam um. E convívio e amizade.
É estarem juntos, agirem juntos fazerem atividade juntos e gostarem disso.

Casamento é compreensão, e ter consideração total em relação ao tempo, aos sentimentos e as preferências da outra pessoa.

Casamento é cuidar do outro e Se preocupar com ele. É se desdobrar para ter certeza qua a outra pessoa está bem.

Casamento é gentileza é dizer palavras ternas e as traduzir em ações.

Casamento é apoiar, é estar junto da pessoa amada em seus empreendimentos e projetos, nos momentos bons e ruins. É dar todo apoio geral tanto moral quanto físico e através de oração. É animar a pessoa a perseverar e incetiva-la quando ela se sente pra baixo.

Casamento é curvar para levantar o cônjuge e ser forte quando o outro é fraco.

Casamento é proteger seu cônjuge de dano físico e emocional.

Casamento é provisão, é fazer a sua parte para ter certeza que o outro tem o precisa . É fazer o que lhe cabe e trabalhar duro todos os dias.

É dar um passo a mais, mesmo que não se sinta a vontade para atender a necessidade do outro.

Casamento é sacrifício é dar tudo de se a pessoa que vc ama. É estar pronto para abrir mão de suas idéias e intenções para fazer o outro feliz.

É doar, se submeter, ceder é preferir a felicidade do outro a sua própria.

No casamento vc da e recebe, existe revezamento e o relacionamento depende dos dois.

É preciso se submeter, dar a outra pessoa a chance, viver, amar e aprender um com o outro..

Ser casado e um exercício de humildade.

Casamento é estar presente nas dificuldades e nos bons momentos de braços abertos e mãos estendidas para aceitar, ama, abraçar acalentar...

AS PRIORIDADES DE DEUS


AS PRIORIDADES DE DEUS
Assim fixamos os olhos, não naquilo que se vê, mas no que não se vê, pois o que se vê é transitório, mas o que não se vê é eterno. II Coríntios 4.18
Para desenvolver relacionamentos estáveis e bem-sucedidos precisamos conhecer as prioridades de Deus para nós e para nossas famílias. O Senhor deixou dicas bem claras nas Escrituras a esse respeito:
Pessoas antes de coisas – Nossa prioridade é que, primeiramente, nos dediquemos ao nosso cônjuge, nossos filhos ou pais, deixando para depois as coisas materiais.
Lar e profissão – Muitas pessoas se casam com a profissão, esquecem suas famílias e acabam arruinando seus lares.
Cônjuge antes dos filhos – Pais que colocam seu cônjuge em segundo lugar. O elo principal em uma família não é entre pais e filhos, mas sim, entre marido e mulher.
Filhos antes dos amigos – Pais, talvez sejam necessário que vocês abram mão de seus compromissos sociais pessoais para dar mais atenção aos seus filhos. Tal atitude, sem sombra de dúvida, mostrará a eles o quanto vocês os consideram importantes.
Cônjuge antes de si mesmo – Esta é realmente a essência do ponto de vista bíblico, no que diz respeito ao casamento. O amor Ágape cuida dos outros e não de si mesmo. Mesmo em relação à relação sexual, Paulo diz em I Coríntios 7.3-5, que não há lugar para egoísmo nesse tão importante, sublime e íntimo relacionamento. Em nossa sociedade voltada para o egocentrismo, os casais cristãos precisam se conscientizar de que o amor ágape é o único que pode fazer com que um casamento seja bem-sucedido.
Espírito antes da matéria – Mesmo sinceros e bem intencionados, somos impelidos pelos clamores do que há por fazer e confundimos o material com aquilo que é essencialmente do espírito. As coisas eternas são invisíveis. A alma, o galardão celestial, a fé, a esperança e o amor não podem ser vistos, mas são os mais importantes elementos do tempo e da eternidade.
A suas prioridades pessoais e familiares estão compatíveis com as prioridades de Deus? Pense nisso!

A DINÂMICA DO AMOR


...façam tudo com amor... 1 Coríntios 16.14
Se o seu relacionamento esfriou, foi porque você se esqueceu que o amor é dinâmico. Se o marido não faz nada para expressar seu amor, ele pode ir diminuindo, diminuindo, até desaparecer! Você se lembra da primeira vez em que pegou na mão dela, no tempo de namoro? Lembra-se do seu primeiro beijo?
O período de namoro e noivado deve trazer à lembrança muitas coisas. O mesmo deve acontecer no casamento.
Nós maridos, precisamos parar de vez em quando e relembrar os momentos bonitos que tivemos com nossa mulher em tempos passados.
O amor é expressivo! E, às vezes, o nosso amor morre porque não fazemos nada. O amor é dinâmico e não estático. Ele é como uma planta que precisa ser cultivada.
A melhor maneira de deixar seu casamento esfriar e o amor morrer é não fazendo nada. Há muitos casos assim! Quando isto acontece, o casamento se torna chato, monótono, cheio de conflitos e brigas.
O amor se expressa de maneiras práticas e, às vezes, pequenas, como uma palavra de elogio, um presentinho no aniversário, um bife do jeito que ele gosta etc. sem essas expressões pequenas no dia-a-dia, o relacionamento tende a esfriar.
Lembre-se que foi através da convivência de namoro e noivado que vocês dois ficaram apaixonados um pelo outro e desenvolveram o amor verdadeiro. O cultivo é essencial para a manutenção do amor!
Parte superior do

VALORIZANDO AS DIFERENÇAS


Suportem-se uns ao outros e perdoem as queixas que tiverem uns contra os outros. Colossenses 3.13
Muitas pessoas casadas ficam apavoradas com a diferença entre si, e fazem o possível para igualá-las, chegando até a ter fisionomias parecidas e a raciocinar de forma semelhante. No entanto, muitas vezes, o colorido de relacionamento pode ser dado exatamente pelas diferenças entre os cônjuges. Com esse enfoque em mente, as diferenças detectadas e entendidas podem ser tornar fascinantes e ser utilizadas para o bem do casal.
De todas as diferenças entre um casal (temperamento, personalidade, cultura, etc.), a área da comunicação é a mais importante, pois é conseqüência das outras.
Em média, uma mulher tem para falar aproximadamente 25 mil palavras por dia, enquanto que a média dos homens raramente supera a 10 mil palavras! Sendo assim, vemos que a maioria dos homens utiliza suas 10 mil palavras no trabalho durante o dia e, quando chega em casa, sua esposa ainda está no início das suas.
Também se conclui, que, de forma geral, os homens conversam sobre assuntos mais racionais, fatos, acontecimentos, negócios, etc. e as mulheres, sobre assunto mais emocionais, compartilhando seus sentimentos, tristeza e alegrias. Se não houver a compreensão desse fato, a comunicação pode ser seriamente afetada. Cabe acrescentar aqui que, uma área que os homens precisam de ajuda, é quanto a compartilhar emoções, sentimentos, sonhos e frustrações com suas esposas.
O estudo e a observação de seu cônjuge são tarefas que perduram por toda vida. Como indivíduos, somos seres dinâmicos. Se aplicarmos os princípios de “um ao outro” em nossos casamentos, será possível desenvolvermos cada dia os princípios chaves de relacionamento: “amai uns aos outros”; “honrais uns aos outros”; “perdoai uns aos outros”; “considerai uns aos outros superiores a si mesmo”; etc.
Que Deus nos ajude em nosso mútuo caminhar!
Você tem conversado com seu cônjuge e ouvido o que ele tem para falar? Você respeita as características individuais do seu cônjuge?
PENSE NISSO

TRABALHO EM EQUIPE


1 Coríntios 3
A reação de Paulo à controvérsia apresentada em 1 Coríntios 3 dá uma idéia dos seus sentimentos em relação aos colegas missionários. Para o apóstolo, eles eram companheiros, usando suas habilidades individuais para alcançar o mesmo objetivo que ele perseguia: estabelecer a igreja. O trabalho em equipe foi crucial para a saúde da igreja de Corinto. Também é vital para a saúde de um casamento.
Uma vez que somos indivíduos distintos, nossos pensamentos, sentimentos e desejos serão diferentes. Contudo, junto com nossa individualidade vem uma carência profunda de intimidade. O casamento é planejado para satisfazer essa carência. Um homem e uma mulher se unem, com suas diferenças, para formar uma equipe na qual cada um usará seus pontos fortes para ajudar o outro, e juntos eles usarão suas habilidades para fazer do mundo um lugar melhor.
Os conflitos nos dão oportunidades para demonstrar o amor, o respeito e a admiração que sentimos um pelo outro. Quando aceitamos os conflitos como parte normal da dinâmica da equipe conjugal, separaremos tempo para ouvir um ao outro. Juntos encontramos soluções que nos permitem trabalhar como equipe, apoiando um ao outro em vez de permitir que nossas diferenças nos dividam.

Descobrindo o amor

Uma semana após a criação da mulher, o homem voltou-se a Deus e disse-lhe:
- Senhor, a criatura que fizestes para ser minha companheira transformou a minha vida num tormento. Ela fala sem cessar e insiste em que lhe dê atenção o dia inteiro. Chora por qualquer motivo. Fica emburrada com facilidade e é quase impossível fazer com que deixe de ficar emburrada. Vim devolvê-la. Por favor, não se ofenda, mas, não posso viver com ela.
Uma semana depois:
- Senhor, minha vida ficou tão vazia desde que eu lhe devolvi a mulher que me deste. Penso nela o tempo todo, em sua alegria, seus olhos, sua voz, seus beijos e abraços. Como dormia em meus braços, como se fosse um anjo. Se for possível, Senhor pede que a devolva para mim.
Uma semana depois:
- Senhor, não sei como lhe explicar, mas nestas últimas semanas cheguei à conclusão que ela me causa mais problemas do que alegrias. Tome-a de volta, por favor! Não consigo viver com ela!
- Mas, também não pode viver sem ela!
- É verdade, Senhor, não consigo viver com ela e não consigo viver sem ela. O quê está acontecendo comigo, meu Deus?
- Você acaba de descobrir o AMOR. O único modo de vocês conseguirem viver juntos é com amor.
Autor desconhecido.

O CASAMENTO É UMA ALIANÇA


O casamento não implica em uma experiência privada, salpicada de acordos e pactos pré-nupciais, ou em uma atitude de "Vamos ver! Se não der certo, posso sempre romper com tudo". O casamento não é um relacionamento de conveniência baseado no que o outro tem a ofertar-lhe, nem é um tipo de contrato social em que ambas as partes ficam juntas somente "até que a falta de amor os separe".
O matrimônio é algo, uma aliança para a vida entre um homem, uma mulher e Deus. Trata-se de um juramento público sobre como vocês se relacionarão à medida que formam uma nova unidade familiar. E toda aliança, incluindo a do casamento, implica em obrigações sérias e vinculadas.
Em provérbios 20.25, lemos: Laço é para o homem dizer precipitadamente: è santo; e, feito os votos, então inquirir. Em Mateus 12.36, Jesus disse que: Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no Dia do Juízo.
Nossa cultura não considera mais o casamento como algo sério e duradouro, mas estes versículos proclamam a verdade imutável: Deus leva a sério os votos e juramentos matrimoniais que fazemos um ao outro.

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Descobrindo o amor

Uma semana após a criação da mulher, o homem voltou-se a Deus e disse-lhe:
- Senhor, a criatura que fizestes para ser minha companheira transformou a minha vida num tormento. Ela fala sem cessar e insiste em que lhe dê atenção o dia inteiro. Chora por qualquer motivo. Fica emburrada com facilidade e é quase impossível fazer com que deixe de ficar emburrada. Vim devolvê-la. Por favor, não se ofenda, mas, não posso viver com ela.
Uma semana depois:
- Senhor, minha vida ficou tão vazia desde que eu lhe devolvi a mulher que me deste. Penso nela o tempo todo, em sua alegria, seus olhos, sua voz, seus beijos e abraços. Como dormia em meus braços, como se fosse um anjo. Se for possível, Senhor pede que a devolva para mim.
Uma semana depois:
- Senhor, não sei como lhe explicar, mas nestas últimas semanas cheguei à conclusão que ela me causa mais problemas do que alegrias. Tome-a de volta, por favor! Não consigo viver com ela!
- Mas, também não pode viver sem ela!
- É verdade, Senhor, não consigo viver com ela e não consigo viver sem ela. O quê está acontecendo comigo, meu Deus?
- Você acaba de descobrir o AMOR. O único modo de vocês conseguirem viver juntos é com amor.
Autor desconhecido.

O CASAMENTO É UMA ALIANÇA

O casamento não implica em uma experiência privada, salpicada de acordos e pactos pré-nupciais, ou em uma atitude de "Vamos ver! Se não der certo, posso sempre romper com tudo". O casamento não é um relacionamento de conveniência baseado no que o outro tem a ofertar-lhe, nem é um tipo de contrato social em que ambas as partes ficam juntas somente "até que a falta de amor os separe".
O matrimônio é algo, uma aliança para a vida entre um homem, uma mulher e Deus. Trata-se de um juramento público sobre como vocês se relacionarão à medida que formam uma nova unidade familiar. E toda aliança, incluindo a do casamento, implica em obrigações sérias e vinculadas.
Em provérbios 20.25, lemos: Laço é para o homem dizer precipitadamente: è santo; e, feito os votos, então inquirir. Em Mateus 12.36, Jesus disse que: Mas eu vos digo que de toda palavra ociosa que os homens disserem hão de dar conta no Dia do Juízo.
Nossa cultura não considera mais o casamento como algo sério e duradouro, mas estes versículos proclamam a verdade imutável: Deus leva a sério os votos e juramen

segunda-feira, 18 de maio de 2015

ACAMPAMENTO PARA CASAIS

Tema: Família Moderna”.
De 16 a 18 de Dezembro, 2015 o Ministério Amovc promove em sua sede, Rio de Janeiro (RJ), o “Acampamento para famílias” com o tema “”Família Moderna.
Os participantes do evento são convidados a viver um fim de semana de louvor e intercessão por todas as famílias que necessitam de restauração, reconciliação e alegria
O Pr Zaqueu Medeiros , em seu discurso para os noivos, em março de 2015, ressaltou a importância de o casal manter o respeito mútuo e o diálogo e viver a constante reconciliação no cotidiano. Unidos nos nos ensinamentos de Cristo será mais fácil superarem os desafios da “cultura do provisório”, conservarem o amor vivo e darem um autêntico testemunho cristão.
Palavras edificantes, dicas, trocas de experiências, reconciliação, restauração, reflexão, lazer e diversão. Estes são os objetivos do “Encontro de Casais” deste ano.
No ativismo do dia a dia muitos casais acabam não separando um tempo a sós, o acampamento é uma boa oportunidade para melhorar o relacionamento a dois e os laços de afinidade”, basta fazer a inscrição na Central de inscrições, no valor de R$150.00 As vagas são limitadas!
Mais informações:
Central de Inscrições: Rua Santa Maria Rosselo, 139- Casa
Contatos: (21) 3173-8128 / 021-97863-5128 021-97983-4170 – Pra. Marlene Medeiros e Pr. Zaqueu Medeiros
E-mail: zaqueumarlene@gmail.com
WhatsApp 021-97983-4170

domingo, 17 de maio de 2015

Fases de Casamento

Um amigo pastor certo dia me disse: “Eu já fui casado seis vezes, e em todos com a mesma mulher”. Esse homem nunca havia se divorciado, mas o seu casamento já havia passado de uma fase para outra diversas vezes.

Todos os casamentos saudáveis ​​experimentam a mudança e a transição. E isso é o que os mantém vivos e em crescimento. Algumas fases de crescimento são previsíveis, outras não.
Neste artigo damos uma visão geral das Fases do Casamento.
Então, para simplificar, dividimos o casamento cronologicamente:

- Recém-casados (0 - 5 anos),os primeiros anos de profundo conhecimento do novo casal.
- Crescimento (6 - 25 anos), geralmente coincide com a fase ativa dos cônjuges, chegada e crescimento dos filhos.
- Maturidade (acima de 26 anos), também conhecido como a fase do “ninho vazio”, quando os filhos começam a sair de casa para se casarem.

Nem todos os casamentos se encaixam perfeitamente na ordem dessas fases. No entanto, diversas situações de desenvolvimento para gerar a evolução do casamento acontecem durante cada fase.

Outra maneira de olhar para as transições no casamento é por ciclos de crescimento.
A maioria dos relacionamentos desenvolvem-se através de ciclos, que incluem:

- Romance
- Desilusão
- Amor maduro

Nesse ciclo, os estágios surgem mais rapidamente, com desilusão, muitas vezes logo após a lua de mel.
E o amor maduro evolui após vários anos de casamento.

Alguns especialistas identificam a Evolução do Casamento em 7 Fases, como segue:

1. Paixão
2. Realização
3. Conflito
4. Cooperação
5. Reunião
6. Explosão
7. Realização

O objetivo central desse artigo é que você saiba que:

O casamento é um processo. Ele muda, passa por transições, por fases e evolui.

Isso nos ajuda a saber com antecedência o que esperar nos vários estágios do casamento.
Caso contrário, as transições e fases normais do matrimônio podem ser erroneamente interpretadas como o término do amor ou até razões para o divórcio.

Pense nisso!

quarta-feira, 6 de maio de 2015

Lançamento DVD 10 áreas críticas do casamento?

10 áreas críticas do casamento? Mais um lançamento do Ministerio Amovc Pr Zaqueu & Pra. Marlene Medeiros
acesse:www.ministerioamovc.com.br
As regras para um bom casamento podem ser aprendidas, e a idade não é o maior problema. Além do mais, ninguém já nasce feito um bom marido ou boa esposa. Por isso, quero apresentar, no programa de hoje, 10 áreas críticas do casamento.
.

terça-feira, 21 de abril de 2015

Curso de liderança voltado para quem trabalha na área de aconselhamento familiar.


Curso de liderança voltado para quem trabalha na área de aconselhamento familiar.site já disponibilizou todo o cronograma do curso, que será enviado por e-mail para os inscritos e também postado no site oficial.http://www.ministerioamovc.com.br/
Conheça o programa do Curso de Terapia de Casal, Gestão e Liderança Evangélica
Público Alvo:
Lideres cristãos, pais, gestores familiares interessados em compreender a dinâmica e as barreiras para a transformação e o crescimento desta.
Pr Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiro

segunda-feira, 13 de abril de 2015

Lute Pelo Seu Casamento


Quando o relacionamento começa a dar errado e a pessoa não consegue que o parceiro seja do jeito dela (alguém que aceite todo seu lixo emocional e atenda a todos os seus caprichos), então a conclusão óbvia que vem a sua mente é: CASEI COM A PESSOA ERRADA.
"O casamento não deu certo" ou "Não somos almas gêmeas" são expressões que retiram totalmente a culpa quando o relacionamento está afundando. Mas o que aconteceu com o senso de responsabilidade em nossos dias? Nos velhos tempos, um casamento fracassado era vergonha individual. Quando o casal tinha problemas e alguém corria para a família ou amigos reclamando um do outro, o conselho que geralmente ouviam era: volte, converse, e se resolvam. A mensagem era clara: lute por seu casamento. Se o casamento fracassar, o fracasso é de vocês.
Hoje as coisas mudaram. Quem dá conselho costuma tomar as dores da outra pessoa e dizer: "Como ele ousa fazer isso com você? Você merece algo melhor, dê um chute nele!" "Tem mulher aos montes por aí, por que você vai tolerar isso? Não deu certo com essa, pega outra!"
Ou seja, a culpa é do casamento que deu errado ou da outra pessoa por não ser a "certa". É a nova moda da transferência de culpa e da isenção da responsabilidade pessoal em fazer o casamento funcionar. É como se o casamento fosse uma pessoa com vontade própria que pudesse ser responsável pelo sucesso ou fracasso da união, ou como se somente a outra pessoa pudesse garantir o casamento feliz.
Na verdade a culpa é dos indivíduos. Casamento não é uma pessoa. As pessoas dentro do casamento é que são responsáveis pelo sucesso ou fracasso da união.

Dracmas perdidos em nossas famílias

Lucas 15: 8-10: “Ou qual é a mulher que, tendo dez dracmas, se perder uma, não acende a candeia, varre a casa e a procura diligentemente até encontrá-la? 9 E, tendo-a achado, reúne as amigas e vizinhas, dizendo: Alegrai-vos comigo, porque achei a dracma que eu tinha perdido. 10 Eu vos afirmo que, de igual modo, há júbilo diante dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende.”
Qual tesouro você perdeu dentro da sua casa? Comunhão, dialogo, paz,
Você precisa identificar qual dracma você perdeu. E, assim que identificar, iniciar a busca por ele. Nada é mais urgente do que restaurar as bases da nossa casa.
Sua família é o maior patrimônio que você possui. Bens, diplomas e sucesso profissional perdem o significado para você sem a felicidade de sua família.
Na verdade, nenhum sucesso compensa o fracasso da sua família. Não podemos construir nossa felicidade sobre os escombros da nossa família.
Há muitas famílias precisando de cura e restauração, porque foram colocadas em segundo plano.
Ei! não importa onde você parou... o que ouve... o importante é você lutar por sua família! mas... primeiramente lute por você, por sua vida espiritual, va a igreja peça ajuda, eu sei que Deus vai colocar alguém pra lhe ajudar a resgatar sua dracma, ou seja, aquilo que você ama, Deus é sua força, somente Ele pode lhe ajudar!

quinta-feira, 26 de março de 2015

O Cordão de três Dobras não se Rompe com Facílidade


10 marcas de um marido que surpreende!

O desejo de toda mulher é viver ao lado de um marido que nunca deixa de fazer aquilo que um dia fez para conquista-la.

1. Assume publicamente seu amor pela esposa (Ct 2.4).

2. Compreende o momento dela (1 Co 13.6,7).

3. Faz e cumpre promessas (Mt 5.37).

4. Sabe ceder quando necessário. Uma questão de humildade. (Mt 5.3)

5. Sabe ouvir com o coração. Tem sensibilidade. (Tg 1.19)

6. Leva a sério as emoções da esposa. (1 Pe 3.7)

7. Oferece colo a ela no dia do nada, sabe ser afetuoso... (Ct 1.4)

8. Sabe respeitar a família dela e leva em conta o histórico de sua vida. (Rt 1.16)

9. Não faz críticas destrutivas. (Pv 18.21)

10. Reconhece o valor da esposa e não perde as oportunidades de declarar isso em forma de elogios. (Ct 2.2)

quarta-feira, 4 de março de 2015

DINÂMICA QUE TAL UM JOGUINHO ROMÂNTICO PARA QUEBRAR A ROTINA?

QUE TAL UM JOGUINHO ROMÂNTICO
PARA QUEBRAR A ROTINA?
No nosso curso Discipulado Prova de Fogo, propomos um jogo para cada casal participante. O objetivo é conquistar o amor do cônjuge. Esse jogo deve ser jogado todos os dias durante duas semanas. Cada cônjuge deve promover ao outro, atos de romantismo. Vale enviar bilhetes de amor, cartões românticos, realizar jantares a luz de velas, dançar coladinho, fazer declarações de amor, dar presentinhos, etc. Vale até serenata! Devem também tentar mudar as coisas que não agradam o cônjuge, deixando as manias erradas para trás.
Para que o jogo dê certo, é preciso fazer um placar. Pegue uma folha de papel comum e faça um traço no meio. Escreva o seu nome numa coluna e o do seu cônjuge na outra. À medida que cada cônjuge agradar o outro, aquele que foi agradado, marcará um ponto para quem agradou. Ganha quem fizer mais pontos, mas também ganha quem fizer menos pontos.
Quem marcou mais pontos, ganhou porque conseguiu agradar e satisfazer o cônjuge. Ele ou ela, é uma pessoa romântica que sabe como fazer alguém feliz no casamento. Por outro lado, quem marcou menos ponto, é um felizardo, pois tem o melhor cônjuge do mundo! Por isso faça questão de marcar todos os pontos, dessa forma o cônjuge sentirá motivado para continuar.
Estamos torcendo para que você perca, mas para que também ganhe.
De qualquer maneira sabemos que os dois ganharão!
Depois nos escrevam, contando quem ganhou.

8 passos para resgatar o amor num casamento desgastado

8 passos para resgatar o amor num casamento desgastado
O desgaste no casamento não começa de um dia para o outro, é como uma correia dentada, peça essencial no funcionamento do carro, quando utilizada por anos a fio sem qualquer cuidado e manutenção acaba desgastada e se quebrar provoca graves prejuízos interrompendo o funcionamento do veículo.
Obviamente nem todos querem interromper o casamento, a peça fundamental dessa união se chama amor a qual não pode ser substituída. Para não ocorrer o desgaste é preciso realizar a manutenção, caso esteja desgastada, será necessário resgatá-la para não perder o que foi conquistado.
Há histórias surpreendentes de resgate do corpo de bombeiros, eles não medem esforços para salvar uma vida, se necessário perderiam a própria vida em troca daquele que necessita de socorro, mas eles sabem muito bem o que estão fazendo, são preparados para resgatar vidas.
Muitas vezes o cônjuge pede por socorro em silêncio e precisa da sua ajuda. Os dois ainda se amam e para resgatar o amor num casamento você precisará agir como se fosse um bombeiro. E como fazer isso?
1. Atitude
A iniciativa terá que partir de um dos dois. O desgaste no casamento acaba afastando um do outro e na maioria das vezes quase não existe diálogo. Não espere que as coisas aconteçam, tome uma atitude, dê o primeiro passo e seja o ponto de partida.
2. Não meça esforços
Não se iluda de que na primeira tentativa trará seu cônjuge para mais perto de você, e nem desanime com a frustração de que só você faz a sua parte. No ponto em que se encontram o orgulho tomou conta de ambos e a discussão não levará a lugar nenhum; será necessário colocar o orgulho de lado e se humilhar e fazer várias tentativas, mudanças e reajustes, até o momento em que o outro cederá e poderá ser mais breve do que você imagina.
3. Deixe o egoísmo de lado
Pensar somente em si não resolverá o problema. Pense na família e nos objetivos de trazer de volta a paz e a felicidade. Mostre compreensão e que está disposto a dialogar, elogie as qualidades que o cônjuge tem e mostre o quanto isso é importante para você.
4. Ceda algumas vezes
Na tentativa de resgatar o amor será necessário ceder mesmo sabendo que a pessoa está errada, aos poucos ela começará a perceber e admitir de que não estava certa.
5. Arrependa-se
Reconheça seus erros e defeitos e esforce para mudar hábitos que irritam a outra pessoa; gradualmente ela reconhecerá seu sacrifício, mudará o comportamento e buscará corrigir os hábitos que também o irritam.
6. Perdoe
Esqueça as ofensas e discussões do passado e perdoe; trazer de volta os problemas só causará mais mágoas e tristezas, traga de volta momentos felizes e marcantes da sua vida familiar, este é um recomeço.
7. Saiba o que está fazendo
Você saberá se está no caminho certo através das respostas e do comportamento de seu cônjuge, se houver reciprocidade da outra parte às suas atitudes, saiba que o passo para resgatar o amor está bem próximo e a esperança de um recomeço feliz transbordará dentro do seu lar.
8 Seja positivo e ame
Se todo o sacrifício que fizer for com dedicação, comprometimento e amor, você provavelmente alcançará o objetivo do resgate. Acordar com um sorriso e palavras positivas tornará o dia mais feliz.
Ao dar o primeiro passo para trazer de volta o amor dentro do seu lar tudo que estiver ao seu redor será influenciado por suas atitudes, o amor é contagiante e fará com que aquele que você ama, ame também.

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Radio Record 990 AM, Programa falando de familia

Pastor Zaqueu Medeiros do Ministério AmoVc e o Bispo Inaldo da Igreja Universal do Reino de Deus selam uma grande parceria
Pastor Zaqueu Medeiros do Ministério AmoVc e o Bispo Inaldo da Igreja Universal do Reino de Deus selam uma grande parceria para abençoar as famílias e casais com problemas no relacionamento.
E para confirmar esta parceria, estreou nesta terça-feira (24/02) o programa Falando de Família na Rádio Record Rio 990 AM. O programa tem como objetivo levar uma palavra de reconciliação, amor e perseverança nos relacionamentos conjugais. Haverá vários quadros, entre eles o “Salve o meu casamento”, que como o próprio nome sugere, visa restauração dos casamentos e a participação do ouvinte.
Pr. Zaqueu é casado a mais de 34 anos com a Pr(a). Marlene Medeiros e se conheceram na praia do Arpoador – RJ, quando Medeiros  ainda era surfista nas praias cariocas. Juntos lideram à 13 anos o Ministério de Casais AmoVc, dedicado a famílias e relacionamento conjugal.
Quem desejar escutar a programação da Rádio Record Rio é só sintonizar 990 AM, ou acessar o site http://www.radiorecordrj.com.br/. “Falando de Família” vai ao ar de segunda à sábado, das 22:00h às 23:00h.

Se desejar saber mais sobre o ministério e sobre os pastores Zaqueu Medeiros e Marlene Medeiros acesse: ministerioamovc.com.br ou mande um email para ministerioamovc@gmail.com.

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

CURSO DE GESTÃO E LIDERANÇA EVANGELICA

Programa Avançado de Desenvolvimento de Líderes Evangélicos
O Mais Rápido e Eficiente de Programa de Capacitação de Lideres
Pr. Zaqueu Medeiros & Pra. Marlene Medeiros
Conferencista na área de família.

Descrição e Conteúdo
Curso de Liderança e formação de lideres para trabalha com família , é oferecido no Brasil com ênfase nas áreas de Liderança, Seminário de família, encontro de casais, Jantar de Casais, Curso de Noivos, visando renovar o compromisso do líder cristão e oferecer ferramentas para que ele use todo o seu potencial para fazer diferença na sociedade em nome de nosso Senhor Jesus Cristo

Perfil do Candidato
§  Cristão: Ser nascido de novo em Cristo e membro de igreja evangélica.
§  Compromisso: Estar comprometido em influenciar a sociedade em nome de Jesus
§  Idade: Ter no mínimo 20 anos completos.

Currículo

§  Princípios de Liderança
§  Visão, Alvos e Compromisso com a Igreja
  • Prioridades e a Família
    Como estabelecer prioridades corretas na gestão de sua vida pessoal, profissional e familiar.
  • Formação de Equipe
  • Classe de Casais ( Escola dominical)
  • Culto da Familia
Maiores informações: Acesse  http:// http://palestraparacasaisamovc.blogspot.com.br/
Tel: 21-7863-5128 – 21-3173-8128

CURSO DE TREINAMENTO PARA LÍDERES DE CASAIS

    Seminário para família; jantar de casais com palestras; encontro de casais; entre outros.

 

 

                                                                                      17 palestras: Vai Mudar Sua Vida


1ª - Construindo ”meu Lar”.
2ª - 
As Consequências das Crises Familiares.
3ª - Criação de filhos.
4ª - Ajuste sexual.
5ª - Finanças do casal.
7ª. Veredas Antigas.
8ª - Dependência de Deus no Casamento.
9ª-Evitando Brigas.
10.Orçamento Doméstico.
11.  As Cinco Linguagens do Amor..

12. Como Perdoar Alguém da Família?

13. 9 Regras Para Um Casamento Feliz

17. Através do casamento Deus criou uma aliança entre duas pessoas.

 

 


Meus contatos: Tel:21-7863-5128 – 21-3173-8128- ID 55.10x42511 

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Roteiro para encontro de casais:

Roteiro para encontro de casais
Encontro de Casais: 
1- Participantes: casais pertencentes ao corpo de membros da Igreja local, podendo ser aberto a outros casais.
2- Local do evento: Pode ser realizado na própria Igreja ou em uma Pousada ou Sitio, poderá ser um final de semana completo, uma noite ou um dia inteiro, dependendo da disponibilidade.
3-Objetivo: mostrar o poder de Deus no casamento através da aliança com Ele. Durante a ministração o casal deverá sentar junto, pois a cumplicidade será muito importante neste momento.
4-Convite: deve ser bem elaborado, como se fosse o convite de um casamento, mesmo que simples. Sugestão: utilize uma foto de flores, rosas ou alianças e coloque os dizeres sobre ela. Mande imprimir em papel fotográfico mesmo ou leve para revelar, sai barato e é lindo!
5- Recepção aos casais
6-Temas:
-A importância dos votos no casamento
- Intimidade do casal
- Finanças pessoais e economia doméstica
- A unidade familiar
- etc.
7-Decoração:
A imaginação pode ser muito usada para decorar um encontro de casais. O local do evento deverá estar rodeado de romantismo. Flores, bexigas e enfeites dão o ar da graça. A luz baixa durante o jantar trará mais romantismo ao evento.
O salão pode estar decorado com bexigas em formato de coração, sempre em tons vermelho e branco.
As mesas devem preferencialmente ser separadas por casais, mas, caso não seja possível, o casal deverá sentar em frente ou ao lado do outro.
A toalha pode ser branca, com vasos com flores vermelhas, e velas que deverão ser acesa somente durante o jantar.
Pode ser feito um arco com bexigas ou flores na entrada, com um lindo tapete vermelho para recepcionar os casais.
Em um canto do salão/restaurante, poderá ser montada uma mesa com um bolo “falso”, taças e espátula para que os casais tirem fotos para recordação. A decoração da mesa do bolo deverá ser diferenciada, como se fosse o “Bolo do Casamento”.
8-Jantar a luz de velas: em um encontro de casais não pode faltar, o clima de romantismo após a ministração da Palavra de Deus, fará com que os laços do matrimônio sejam renovados.

Mas se não for possível pode fazer um coquetel, use os recursos disponíveis.
9-Lembranças: caixa de bombons em formato de coração, fotos do casal tiradas no mesmo dia do evento,flores que poderão ser entregues pelo esposo à amada, carta de amor escrita pelo cônjuge, aliança dourada, sorteio de jantar a dois em um restaurante fino da cidade, sorteio de pernoite em um hotel.
 10- Dinâmicas: As dicas estão em dinâmicas para encontro de casais.

Palavra, estudo, reflexão: Escolher alguém que tenha conhecimento, experiências em assuntos de casais e famílias.


Roteiro:
Recepção aos casais
Devocional
Grupo de louvor responsável pelos canticos
Palestra
Dinâmicas
Oração
Janta
Deve ser adaptado a cada situação

Como promover um evento de casais ou de família.

Como promover um evento de casais ou de família.

Nem todas as igrejas realizam eventos  para casais , muitas não tem o grupo de casais em funcionamento. Existe uma tradição, um formato de evento para casais que acaba tornando caro o evento e isso é um dos motivos que desestimula a liderança. A outra dificuldade é  levantar líderes de casais, alguém que se habilite para tal. Penso que evento de casais deve ser ao menos em parte custeado pelos próprios casais, até para que aprendam a investir no relacionamento. E a igreja, por sua vez, conntribui dentro de suas possibilidades.
Vamos dividir o evento em três partes, para facilitar nossa didática. A primeira parte é quanto a forma, a estética do evento e a segunda parte é quanto ao conteúdo do mesmo, e a terceira parte será a espiritualidade do evento.

Primeira parte – A forma do evento

1-Programe um grande evento anual e eventos menores  mensais ou trimestrais, para tanto faça a agenda antecipada. Escolha uma data que possa se repetir no ano vindouro e assim fixar o evento, ficando assim marcado no coração das pessoas. Você pode inclusive, nomear aquele mês como “MÊS DA FAMÍLIA”, e durante alguns cultos trate exclusivamente desse tema. O mês de junho é o mês mais difícil de trazer palestrante, pois tem o dia dos namorados e a agenda fica concorrida. Maio é um mês interessante.

2- A medida que o eventos se aproxima, intensifique o trabalho de divulgação. Use o boca a boca, esse é a melhor forma de convidar os casais, eles se sentem compromissados com o líder. Use todas as ferramentes de divulgação possível: boletins da igreja, telão, convites impressos, rádio, enfim. Economize fazendo um Power point sobre o eventos e peça para projetar na igreja nos cultos principais, use boas imagens e bons textos para divulgação.

3- Muitos casamentos estão doentes, mas o mal ainda não se manifestou na forma de adultério, divórcio, depressão, conflitos e violência, então não se percebe que é preciso fazer algo antes que o mal se manifeste, é um trabalho pro-ativo. Use a frase de efeito: “Sem investimento, sem casamento”

4 Se a igreja dispor de programa de rádio, use vinhetas para chamar os casais para o evento, o mesmo se dá com o serviço de som que é passado por veículo que anuncia o evento para a cidade. Lembre-se , se o líder não valoriza o evento, os membros não irão fazê-lo. Envolva o pastor nesse trabalho, é importante.

Dinâmica para encontro de casais evangélico

Dinâmica para encontro de casais evangélico

10. UM COLINHO PARA VOCÊ
Faz-se um círculo com as cadeiras no local, com um pouco de espaço entre elas. As esposas sentarão nas cadeiras. Ao som de uma música, os respectivos esposos deverão dançar em volta das cadeiras. Em dado momento, pára-se a música, e os esposos deverão sentar no colo de suas esposas. O último que conseguir sentar, sai da brincadeira, carregando sua esposa no colo. A brincadeira continua, saindo sempre o último que conseguir se sentar. Quando restarem umas 4 ou 5 esposas em suas cadeiras, pode-se aumentar ainda mais o espaço entre elas, para dificultar a chegada do esposo até ela. O casal vencedor pode receber um prêmio.
11. PERA, UVA OU MAÇÃ
Organizar as cadeiras uma ao lado da outra, onde os casais deverão se assentar, mas não juntos, esposo e esposa ficam longe um do outro. O dirigente dá o nome de uma fruta a cada casal. O dirigente avisa que, à sua ordem, os casais que tiverem o nome da fruta mencionada deverão levantar-se, dar um abraço e um beijo em seu cônjuge e voltar aos seus lugares. Inicia-se então a brincadeira. O dirigente diz os nomes de duas frutas, os casais se levantam e, enquanto se beijam e se abraçam, uma cadeira é retirada. Ao voltar para seus lugares, uma das pessoas não poderá se assentar e então esse casal sai da brincadeira. Retiram-se duas cadeiras, e assim continua a brincadeira até que somente um casal consiga lugar.
12. JOGO DOS BILHETES
Descrição: Os integrantes devem ser dispostos em um círculo, lado a lado, voltados para o lado de dentro do mesmo. O coordenador deve grudar nas costas de cada integrante um cartão com uma frase diferente. Terminado o processo inicial, os integrantes devem circular pela sala, ler os bilhetes dos colegas e atendê-los, sem dizer o que está escrito no bilhete. Todos devem atender ao maior número possível de bilhetes. Após algum tempo, todos devem voltar a posição original, e cada integrante deve tentar adivinhar o que está escrito em seu bilhete. Então cada integrante deve dizer o que está escrito em suas costas e as razões por que chegou a esta conclusão. Caso não tenha descoberto, os outros integrantes devem auxiliá-lo com dicas.
O que facilitou ou dificultou a descoberta das mensagens?
Como esta dinâmica se reproduz no cotidiano?
Sugestões de bilhetes:
– Sugira um nome para meu bebê?
-Sugira um filme para eu ver?
-Cante uma música para mim?
-Gosto quando me aplaudem.
-Dobre a minha manga.
-Quanto eu peso?
-Me cumprimente.
-Quantos anos você me dá?
-Veja se estou com febre.
-Chore no meu ombro.
-Sorria para mim.
-Me faça uma careta?
13. UMA TAREFA PARA VOCÊ
Distribua papel e caneta para cada participante e peça que escreva o que gostaria que a pessoa do seu lado faça. Após cada um ler, explicar que a tarefa é para a própria pessoa fazer. Você poderá perceber que, às vezes, o que você quer que a outra pessoa faça, não é aquilo que você gostaria de fazer.
14. ANEL
Divida o grupo de casais em dois menores. Em pé e em fila, dê a cada pessoa um palito de churrasco e ao primeiro da fila, um anel. O grupo que conseguir passar o anel de palito em palito, sem colocar a mão, ganha a competição. É claro que se o anel cair, deverá voltar ao início.
15. DISPUTA DE PÊNALTIS
O casal se revezava ora na linha ora no gol. Quem acertasse, ganhava um brinde. Mas quem errasse, tinha que pagar uma prenda. A torcida, é claro, era para que todos errassem. As prendas foram bem fáceis: cantar uma música romântica, fazer uma declaração romântica, carregar no colo, dar um abraço e beijo, fazer um carinho, fazer um elogio.
16. SE EU FOSSE UM PRODUTO
Se você fosse um produto o que se poderia dizer a seu respeito e por quê?
a) CUIDADO É FRÁGIL!
b) LEIA AS INSTRUÇÕES ANTES DE MEXER
c) APRECIE COM MODERAÇÃO
d) CONTEÚDO EXPLOSIVO
e) AGITE ANTES DE USAR